Notícias
“NEM TÃO DOCE LAR” Para a Superação da Violência Doméstica e Familiar
09/07/2018

   A APAE de Marau com a coparticipação dos municípios de abrangência Camargo, Nova Alvorada, Nicolau Vergueiro, Vila Maria e Marau promoveu o Projeto de Enfrentamento a Violência.

              Foram desenvolvidas as atividades de Oficina de formação de acolhedoras e acolhedores, sob o tema: Superação da Violência doméstica e familiar - metodologia Nem Tão Doce Lar realizada pela Fundação Luterana de Diaconia  (FLD), ministrada pelo Professor Rogério Aguiar, as oficinas ocorreram no dia 25 e 26 de junho, com duração de 10 horas sendo capacitados 120 profissionais das Equipes Multidisciplinares da Saúde Educação, Assistência Social, Conselho Tutelares Associações sócio assistenciais, judiciário e meios de comunicação desses municípios.

              Complementando a atividade no dia 28 de julho na casa da Cultura com a participação de aproximadamente 500 profissionais, ocorreu a Palestra Atualizações em “Ofensa Sexual: fundamentação e questões atuais” ministrada pela Psicóloga Maria Cristina Milanez Werner. Na semana do dia 02 a 05 de julho no Ginásio da APAE acolhemos os visitantes da Amostra “Nem Tão Doce Lar”, uma mostra itinerante e interativa, uma réplica do interior de uma casa foi montada com alguns indícios, provas tênues e mascarada da violência que eventualmente desaparecem devido as justificativas aceitas pela sociedade em geral. A intervenção propõe a denúncia de toda a forma de violência, especialmente a violência doméstica e familiar, chamando a atenção para o tema que precisa ser discutido e superado em todos os níveis da sociedade. Além disso propôs um espaço de sensibilização da população frente a temática, criação de redes de apoio entre instituições e a sociedade civil e órgãos governamentais no intuito de erradicar todas as formas de violência intra e extrafamiliar. Também propõe o fortalecimento da rede já existente para que continue atuando de forma eficaz na promoção dos direitos e no combate a toda forma de violência contra homens e mulheres, crianças, adolescentes pessoas com deficiência e idosos. Tivemos a participação expressiva de 750 visitantes como escolares, participaram profissionais de todas as áreas, também foi oportunizado a visita para os colaboradores os usuários alunos e familiares da APAE.  Após a visitação cada grupo participou das Rodas de Conversa conduzidas pelos acolhedores e acolhedoras, rico espaço de trocas, reflexão, partilha das percepções, todos foram convidados olhar para dentro de si e ver onde reproduz a violência, seja nas relações com as pessoas que convive no trabalho na escola, na casa na rua nos espaços públicos e privados e onde cada um pode contribuir para mudar essa realidade.  A violência é um problema que atinge a todos nós e todos somos responsáveis e convidados a criar comunidades mais humanizadas e promover uma cultura de paz.

Galeria de fotos

topo voltar
Rua José Primo Bernardi, nº 989
Loteamento Bernardi - Marau / RS

(54) 3342-6911
secretaria@apaemarau.org.br
©2018 APAE Marau/RS, todos os direitos reservados.
Feito com o pela: #Artemidas